©Sonia Soares©



Penso sempre em como seria bom se pudessemos enxergar além das aparências.

Lembro-me de uma ocasião em que eu estava dando uma aula sobre o tema: "Aparências" e de como muitas vezes as aparências enganam.

Preocupada em atingir o objetivo da aula, levei comigo um anel com muitas pedras para usar como demonstração.

Pedi aos alunos que o examinassem por alguns instantes e depois perguntei: Do que é este anel? A metade da classe afirmou categoricamente que era um chuveiro de brilhantes. A esses eu perguntei se acaso eles estivessem comprando uma jóia, se comprariam aquele anel, como um chuveiro de brilhantes e eles disseram que sim.

Porém a outra metade da classe insistiram em afirmar que seus companheiros estavam enganados pois aquele anel era simplesmente uma bijuteria, ao que eu perguntei:

-Vocês têm certeza?

-Sim, foi a resposta, temos certeza.

Entretanto restou ali, um único aluno que afirmou sem sombras de dúvida que aquele anel era apenas um anel de vidro. Confesso que fiquei bastante surpresa com o efeito da demonstração, porque ninguém acertou.

Aquele não era mesmo um anel de brilhantes, mas também não era uma bijuteria e muito menos um anel de vidro. Era um chuveiro de safiras brancas com montagem em ouro branco. Realmente ficou comprovado que as aparências enganam. As vezes fico pensando, se um simples anel pôde enganar toda a classe: quantas classes poderão ser enganadas por uma única pessoa sem classe?

Enxergar além das aparências é sem dúvida alguma um árduo desafio.







Fale Comigo Atualizações Voltar




Sonia Soares Copyright © 2000
falandocomcoracao.com|falandocomcoracao.net
Webmaster Sonia Soares| Rio de Janeiro| Brasil