Sonia Soares


Ah, penso tanto em ti, tanto...
e com tanto amor e amargor,
que hoje, no vazio da minha vida
teu nome é uma cicatriz que não sarou.


Me deixaste sozinha, eternizando o momento
em que triste assistia a tua partida.
Tu, que levaste junto a minha alma,
ficaste presente na minha vida.


Maculaste a oração que exacerbada faço,
como louca, a morrer desfeita em pedaços,
buscando respostas sem definições.


Ainda te espero, desvairada...
Sentindo no vazio dos meus braços,
todo o desejo e calor dos teus abraços.


(Sonia Soares)


Proibida a cópia e a publicação em outras
páginas sem a prévia autorização da autora.




Fale Comigo Atualizações Voltar




Sonia Soares Copyright © 2000
falandocomcoracao.com|falandocomcoracao.net
Webmaster Sonia Soares| Rio de Janeiro| Brasil