©Sonia Soares©



Sempre me disseram que a vida do homem se dividia em quatro partes: infância, adolescência, maturidade e velhice.

Quase correto. Esqueceram de nos dizer que, entre a maturidade e a velhice (45 e 65 anos), existe a EVELHESCÊNCIA.

A evelhescência nada  mais é do que uma  preparação para entrar na velhice, assim como a adolescência é uma preparação para a maturidade.

Engana-se quem acha que o homem maduro fica velho de repente. Assim da noite para o dia. Não! Antes a evelhescência! E, se você está em plena evelhescência, já notou como ela é parecida com a adolescência? 

Coloque os óculos e veja como este novo estágio é maravilhoso. Já notou que andam aparecendo algumas espinhas em você? Assim como os adolescentes, os evelhescentes também gostam de meninas de 20 anos.

Os adolescentes mudam a voz, os evelhescentes também. Mudam o ritmo de falar, mudam o timbre. Os adolescentes querem falar mais rápido; os evelhescentes querem falar mais lentamente.

Os adolescentes não tem idéia do que vai acontecer com eles daqui há 20 anos. Os evelhescentes evitam pensar nisso.

Ninguém entende os adolescentes.

Ninguém entende os evelhescentes.

Ambos são irritadiços, enervam-se com pouco. Acham que já sabem de tudo e não querem palpites em suas vidas.

As vezes um adolescente tem um filho, é uma coisa precoce. Às vezes um evelhescente tem um filho, é uma coisa "pós-coce".

Os adolescentes não entendem os adultos e acham que ninguém os entende. Os evelhescentes também não entendem eles.

"Ninguém me entende" é uma frase típica de evelhescente.

Quase todos os adolescentes acabam sentados na poltrona do dentista e no divã do analista. Os evelhescentes também. A contragosto, idem.

O adolescente adora usar um tênis e uns cabelos "da hora"; o evelhescente também, sem falar nos brincos.

Ambos adoram deitar e acordar tarde.

O adolescente ama assistir um show de artista evelhescente (Caetano, Chico, Mick Jagger).

O evelhescente ama assistir a um show de um artista adolescente.

 O adolescente faz de tudo para aprender a fumar; o evelhescente pagaria qualquer preço para deixar o vício.

Ambos bebem escondido.

O adolescente esnoba que dá três por dia; o evelhescente quando diz que dá uma há cada três dias está mentindo.

A adolescência vai dos 10 aos 20 anos; a evelhescência vai dos 45 aos 65.

Depois sim, virá a velhice, que nada mais é que a maturidade do evelhescente.

Daqui há alguns anos, quando insistirmos em não sair da evelhescência para entrar na velhice, irão dizer: "É um eterno evelhescente"! ... Que bom!





Fale Comigo Atualizações Voltar




Sonia Soares Copyright © 2000
falandocomcoracao.com|falandocomcoracao.net
Webmaster Sonia Soares| Rio de Janeiro| Brasil