Sonia Soares



O triste caminho que percorro,
dá-me o desejo de sofrer...
Que não abrande o meu castigo,
para que seja eterno o teu prazer!


Na tua felicidade encontrei abrigo,
para a angústia dos meus padeceres.
Vives das desgraças que bendigo...
Eu, das tuas felicidades vou morrer!


No teu perdão aguardo os meus pecados.
O que seria de mim quanto te buscava,
e de ti, senão te encontrasse?


E culposa do que eu não te fiz,
vivo feliz, vivendo na desgraça,
e desgraçada por ser feliz!


(Sonia Soares)

Proibida a cópia e a publicação em outras
páginas sem a prévia autorização da autora.





Fale Comigo Atualizações Voltar




Sonia Soares Copyright © 2000
falandocomcoracao.com|falandocomcoracao.net
Webmaster Sonia Soares| Rio de Janeiro| Brasil