©Sonia Soares©



Se os homens soubessem como as mulheres são realmente, nunca mais haveria rodinhas de chope para conversar sobre futebol, política... e mulheres. Elas são tão ardilosas, digamos assim, que dificilmente se deixam conhecer, nem pelas próprias mães. Pelos namorados e maridos, então, nem pensar.

Elas são capazes de tudo: de fingir, mentir, dar falso testemunho, omitir fatos seríssimos ao psicanalista, violar correspondência, falsificar qualquer documento, diminuir a idade na hora em que estão entrando num hospital em estado grave, enfim, de tudo - com a cara mais limpa e sempre por uma boa causa, é claro. A apropriação indébita é com elas mesmas e, com a maior falta de cerimônia, atiram-se nos homens das outras. Mas aí daquela que ousar olhar para o dela: pode acabar morta.

Faça sua pesquisa pessoal: existe alguma mulher que não tenha compreendido - e dado toda a razão - a personagem inesquecível de Atração Fatal? Afinal, botar aquele coelhinho na panela não foi mais que um ato de amor - ou não?

Elas se fingem de calmas, serenas, compreensivas e são capazes de jurar que não são ciumentas e, quando o namorado se atrasa, elas dizem que foi ótimo, pois aproveitaram para arrumar uns papéis. Tudo mentira, é claro, mas tão bem contada que até elas próprias acreditam.

Sinceramente, você conhece alguma mulher escrupulosa? Se disse que sim, é a prova mais cabal de que não conhece mulher alguma. Feridas, elas são capazes de tudo: de ir à delegacia denunciar sua rival como corruptora de menores, mandar uma carta anônima revelando que foi seu ex o verdadeiro culpado da bomba da Riocentro e passar a freqüentar macumbas com as piores intenções. Ao mesmo tempo, quando estão amando - e sendo bem tratadas - podem jurar sobre a Bíblia - e diante da Justiça - que o namorado estava debaixo do seu edredon durante cinco dias e cinco noites, sem nem querer saber de que crime ele está sendo acusado.

Tudo - entenda bem - , absolutamente tudo, por amor. Existem seres mais maravilhosos neste planeta?

Elas conseguem dar as maiores provas de amor, até mesmo indo para a cama com outro homem - a história das prostitutas e dos gigolôs está aí mesmo para provar. E, quando sofrem uma desilusão amorosa, mal ele vira as costas e elas, com os olhos cheios de lágrimas, já estão com a agenda na mão pensando em quem vai poder preencher aquela imensa lacuna. E ainda são capazes de dizer "eu sou tão apaixonada que quando beijo outro só estou pensando nele". Elementar, aliás.

Se ele for morar com outra é mais do que normal que ela impeça os filhos de conviver com "aquela vagabunda". Todas que ficaram com os nossos ex são tão ordinárias que não seriam aceitas no pior bordel de Belém - está claro?

Um conselho aos homens, esses desavisados: nunca provoquem uma mulher. Evitem, até onde for possível, que ela tenha ciúmes e, mesmo tendo sido apanhado no maior flagrante, negue sempre e jure, até a hora da morte, que suas suspeitas foram sempre infundadas. Ela foi a única mulher amada por você na vida - mulher a-do-ra ouvir essas coisas e acredita em tudo. São todas umas adoráveis tolas.

Mas é fundamental jogar sempre limpo; elas sabem que qualquer coisa que façam - de usar os decotes mais vertiginosos a fazer charme para to-dos os homens da festa - é apenas para que ele sinta ciúmes; já com os homens, todo mundo sabe bem como é.

O que as mulheres pedem aos homens, na verdade, é muito pouco: querem apenas ser amadas e bem tratadas, por um homem carinhoso, fiel e absolutamente lou-co por elas - afinal não é pedir muito, é? Tendo isso, ela é capaz de passar o dia no tanque, cantando músicas de Dalva de Oliveira e se sentindo a mulher mais feliz do mundo - pelo menos por uns tempos.

Mas é bom saber que não há nada mais perigoso do que uma mulher apaixonada; lembre-se dos versos da Carmen De Bizet: "Si je t'aime, prends garde à toi" - que é mais ou menos "se eu vier a te amar, cuidado com você". Aos mais distraídos, isso pode parecer uma enorme ternura em relação a esse homem. Mas quem conhece as mulheres sabe que essa é, na verdade, a mais terrível das ameaças.

Sinceramente, você confia totalmente na sua mulher? Se responder não, será capaz de reconhecer que é exatamente por isso que continua apaixonado por ela.

Bem complicada essa história de homem e mulher.





Fale Comigo Atualizações Voltar




Sonia Soares Copyright © 2000
falandocomcoracao.com|falandocomcoracao.net
Webmaster Sonia Soares| Rio de Janeiro| Brasil